Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 23 de junho de 2014

NA COPA DE CASA

Em RJ, Bélgica 1 x 0 Rússia - jogo Shatov
No Maracanã, palco da final da Copa e de clássicos históricos a equipe belga enfrentou uma russa fria, gélida e desestruturada. O gol no final foi só pra dar alguma emoção no jogo.

Em Porto Alegre, Coreia do Sul 2 x 4  Argélia - El arbi Soudani
Do grupinho mais tosco da Copa, o jogo mais surpreendente. Quando o Haliche fez o segundo gol argelino, eu pensei: "Prevejo uma goleada, e esdrúxula". Só não foi tão esdrúxula porque os coreanos diminuíram a vantagem fazendo dois gols.

Em Manaus, EEUU 2 x 2 Portugal - o vira
Eu realmente torci para Portugal. Nani fez o primeiro golo do jogo logo aos 5 minutos, mas a Seleção desandou até deixar empatar no segundo tempo. Quem não faz, toma. Quando o Dempsey do nariz quebrado fez o segundo gol pros estadunidenses, aqueles yankees, eu me amuei no sofá que nem o menino-sofá da propaganda. Mas comemorei tanto o golo do Varela! Agora é só torcer pro Klinsmann não fazer batota e combinar de empatar com os alemães.

sábado, 21 de junho de 2014

NA COPA DE CASA

Em BH, Argentina 1 x 0 Irã - Garay, véi!
Jogo nervoso, até Agüero tirou a bandeirinha do escanteio. Cleber Machado soltando suas pérolas: "Continua como no primeiro tempo, o Irã de vermelho e a Argentina de azul e branco." Mas hoje não foi dia Di María, foi do Messi que fez um gol vomitado no finalzinho do jogo depois de não fazer nada o jogo inteiro. Argentina carimba seu passaporte para próxima rodada e se ficar em segundo vem pra Brasília jogar (já imaginou uma oitava de final França x Argentina aqui em Brasília? Ai meu quintal!)

Em Fortaleza, Alemanha 2 x 2 Gana - E a coisa mais linda de se ver é o Ilê Ayew
Estava torcendo pela Alemanha pelo meu passado, e pra Gana para eles não ficarem tão murchos aqui em Brasília (já não basta Camarões). Um dos jogos mais disputados, pelo menos o segundo tempo. Os alemães começaram marcando o primeiro gol, e Gana chegou, e virou a partida. E aí entrou o Klose para empatar com Ronaldo como o artilheiro de todas as Copas. Chegou, marcou e deu seu tradicional mortal para comemorar o gol. Bom que Gana não vai chegar totalmente murcho para a partida aqui em Brasília.

Em Cuiabá, Nigéria 1 x 0 Bósnia - Quem é Bósnia e quem é Herzegovina? (MARAVILHA, Tulio)
Torci contra a Nigéria porque ela tirou o Brasil da Copa América. Jogo estranho, com lances esquisitos. Erros de arbitragem e uma Bósnia que vai para Salvador fazer turismo e aproveitar a lagoa do Abaeté... não!!!! Salvador é terra de goleada. Mas a melhor parte do jogo era o nome dos jogadores, tinha o Nasi vocalista do Ira!, a ampola para queda de cabelo Arovit e o Barbatuques. E o Luiz Roberto falando de um jogador que jogou no Uzbequistão.

Show do intervalo:
- Completei Argélia, Alemanha, Suíça, Irã, Uruguai, Gana, Coreia e Honduras (a 411 era o chicleteiro Costly).
- 2/5 das pessoas que vem me pedir figurinha me perguntam pelo Neymar.
- 30% do tempo que se mostrou o técnico da Alemanha ele estava tirando catota do nariz.

NA COPA DE CASA

Em Recife, Itália 0 x 1 Costa Rica - Caribbean blue
A Costa Rica é a coqueluche da Copa, que eu sempre dava este título para as seleções africanas. O juiz não deu o gol costarriquenho que a tecnologia mostrou que foi. Até a centroamericana Rihanna sacaneou os italianos. Costa Rica jogou como nunca, e ganhou como poucos imaginavam. Balotelli tinha pedido um beijo da rainha se ganhasse. E quem deu beijinho no ombro foram os costarriquenhos. Agora sim, os ingleses que jogarem podem dar um relax em Ouro Preto em vez de treinar sem necessidade, kkk.

Em Salvador, Suíça 2 x 5 França - Bem-vindo a Salvador, coração do Brasil
Salvador vem sendo premiada com as goleadas esdrúxulas da Copa. É capaz até de Bósnia x Irã ser um partidaço! Eu estava torcendo pela Suíça porque ganhei fondue da torcida, e contra a França porque é a França. Tem um jogador suiço chamado Djourou. Isto pra mim é hook de Djavan. Fui ao banheiro, e quando voltei, a França tinha metido dois gols. Eles ainda tiveram a pachorra de perder um pênalti. A defesa suíça ficou parecendo um queijo suíço de tanto gol que levou. A Suíça ainda reduziu a desvantagem com gols de Dzemaili e Tchakabum. Teve um gol que o Benzema fez que foi bem na hora que o juiz apitou, aí o goleiro nem se mexeu porque já tinha ouvido o apito do juiz.

Em Curitiba, Equador 2 x 1 Honduras - chicleteira eu, chicleteiro ele
Eu ia falar o contrário de Curitiba, mas depois do jogo de Costa Rica, nunca subestime os fracos e oprimidos, pois a revolução sempre parte deles. Torci pro Equador porque me simpatizei com a torcida, e contra Honduras porque só vem as mesmas figurinhas do Palacios e do Espinosa e eu preciso da 411 para completar.
E foi o que aconteceu, estava chegando em casa e escuto o locutor gritando "GOOOOOOOOL" quando eu abri meus ouvidos pra ouvir de quem foi, um carro passou. Cheguei em casa, liguei a TV e vi que era 1 a 0 pra Honduras, nem deu tempo de me espantar e o Equador empatou. O hondurenho tentou aplicar uma "mano de Dios" no finalzinho do primeiro tempo, e chegaram no segundo tempo com sangue nos olhos, sebo nas canelas e chiclete na boca, como o Costly.

Estatísticas
- 80% das pessoas que fizeram bolão para a Copa estão perdendo para aqueles que colocam os resultados mais improváveis.
- Bem provável que haja nas oitavas um duelo de Costas: Costa do Marfim pode enfrentar a Costa Rica.

Show do intervalo
- sou só eu que fico com o ouea da vinheta da Copa do Mundo na cabeça?
- Figurinhas repetidas em três tempos:
2006: Togo
2010: Coreia do Norte
2014: Honduras

sexta-feira, 20 de junho de 2014

NA COPA DE CASA

Em Brasília, Colômbia 2 x 1 Costa do Marfim - Cada um no seu Cuadrado
Jogo aqui, veio gente da faculdade e do choubisnes daqui assistir um jogão de bola, e rápido, com bastante contra-ataque e velocidade. Gervinho fez um golaço e Alex Escobar já está virando o locutor favorito da galera, para substituir no futuro as pérolas do Galvão. Colômbia já carimbou as passagens e vai esticar sua estadia.

Em São Paulo, Uruguai 2 x 1 Inglaterra - Se meus joelhos não doessem mais
O jogão de bola no qual Luís Suarez, que estava com o joelho recém-operado fez dois gols em cima do mito Inglaterra (que provou que não passa de mito). Dependendo dos resultados do jogo de amanhã, a Inglaterra fará apenas turismo em BH. Recomendo dar uma esticada e conhecer o museu do Inhotim.

Em Natal, Japão x Grécia - Pégaso, ajuda o seu cavaleiro
Jogo com os nomes mais diferenciados. Aliás, adoro "Papastathopoulos", "Feftfaftzidis", "Holebas". Samaras no segundo tempo tenta fazer um gol de meio de campo. Mas foi um joguinho meia boca comparado com os dois primeiros. Teve vários lances dignos de RockGol (saudades!), e uma retranca This is Sparta.

Estatísticas:
- Para cada marfinense ou torcedor dos elefantes, haviam 1000 torcedores da Colômbia.
- Galvão disse umas 142 vezes da "Maldição do Rooney". O próprio se enfezou e fez o gol.
- O Luiz Roberto acertou 10% dos nomes gregos. Ainda bem que Sokratis Papastathopoulos agora assina o nome nas costas, e não o sobrenome.

Show do intervalo
- Para quem assistiu os jogos na Globo, todos os locutores citavam o escândalo de Luiza com Laerte e Shirley. Era da novela. A Luiza é personagem da Bruna Marquezine, que aparece dizendo: "Não aguento mais você circular por aí e encontrar um fã-clube de mulheres malucas por onde você vai!". A arte imita a vida.
- E claro, tem a filmagem das redondezas do estádio onde jogou Colômbia x Costa do Marfim:

quinta-feira, 19 de junho de 2014

NA COPA DE CASA

Em Porto Alegre, Austrália 2 x 3 Holanda - Ah, le Leckie Leckie Leckie...
Não está sendo fácil pra ninguém. A Holanda começou fazendo gol, a Austrália empatou e virou, a Holanda reempatou e revirou. Falaram que o gol do Cahill foi muito bonito. Holanda já garantiu sua permanência no Brasil, pode jogar tanto em BH quanto em Fortaleza.

Em RJ, Espanha 0 x 2 Chile - Chile-balaiê
Tenho que admitir que torci contra meus ancestrais. Até porque o técnico da seleção espanhola, diz-se, parece meu bisavô. O primeiro gol foi de Vargas, um cara que é a versão masculina da Maria Gadu. Eu vi o segundo gol porque tinha ido na Copa buscar água. E parece que em Curitiba, espanhóis e australianos farão somente turismo. Recomendo o trem que vai até Morretes. E o curitibano teve azar de novo, que vai assistir dois eliminados.

Em Manaus, Camarões 0 x 4 Croácia - piquenique de camarão
Eu estava torcendo pros Camarões porque o próximo jogo deles é aqui e eles iriam ver jogo, e não só fazer turismo. Quando eu saí de casa, estava 1 a 0 para a Croácia. Um jogador camarão perdeu a cabeça e foi expulso. Mas você camaronês que veio ver a Copa, relaxe indo até a Chapada Imperial.

Show do intervalo
- Completei Costa do Marfim e México. Aliás, México me faltava um goleiro, e tem dois nas figurinhas, sendo que nenhum deles é a muralha Ochoa. Descobri que ele estava desempregado, e agora, até a Thalía pode pedi-lo em casamento.
- Amanhã tem jogo aqui e os colombianos já começaram a despontar nos shoppings, assistindo ao jogo da Espanha x Chile (sudamérica unida) e quando acabou, eles aplaudiram e gritaram "Chi-chi-chi, le-le-le, viva Chile!" Já até ajudei um a pedir um açaí. (Maria Barrillari: apresentadora de açaí pros gringos desde 2011) A propósito, como se fala cobertura de leite condensado em espanhol?

terça-feira, 17 de junho de 2014

NA COPA DE CASA

Em BH, Bélgica 2 x 1 Argélia - Armadilha de Satanás
O Galvão costuma falar "Jogo dramáááático", mas este foi meio apáááático. A Argélia começou fazendo mas Fellaini, o Valderrama belga, empata a partida. Pra variar, perdi o terceiro gol porque estava me arrumando para ver o jogo do Brasil

Em Fortaleza, BRASIL 0 x 0 México - Era melhor ter ido ver o filme do Pelé
A seleção mexicana fez macumba com a Bruxa do 71 e fechou o corpo do goleiro Ochoa, que fez defesas impressionantes. Thiago Silva chorou de novo no hino, aliás, ele tem cara de bebê chorão. Achei muito fofo quando ele fez uma falta e pediu desculpa ao Chicharrito. E o Fred jogou como se apelasse tapetão para o STJD. Neymar jogou bem, mas menos que no primeiro jogo (não me xinguem, mas eu prefiro o Messi).

Em Cuiabá, Rússia 1 x 1 Coreia do Sul - Oppa Vodka Style
Se no jogo anterior, o goleiro foi o destaque positivo, aqui foi o destaque negativo. O gol coreano foi um frango marinado na vodka, e no gol russo, o goleiro bateu roupa até.

Show do Intervalo

NA COPA DE CASA

Em Salvador, Alemanha 4 x 0 Portugal - Nós com os Alemão vamos se divertir
Eu estava realmente torcendo para Portugal. E logo de cara um pênalti para a Alemanha. Dá pra ver que uma andorinha só não faz verão. CR7 até tentou criar fazer gols (claro que antes deu sua tradicional olhada para o telão), mas todo o resto do time estava sem condições. Pepe deu uma cabeçada zidânica no jogador alemão e o Müller podia pedir música para o Fantástico. Aliás, os locutores que se gabam quando falam os nomes bósnios e croatas, não pronunciaram direito Özil, Götze e Schürrle, o que me deixou mais chateada ainda

Em Curitiba, Irã 0 x 0 Nigéria - Bola na trave não altera o placar
O meu salve para você, torcedor brasileiro que ficou horas e horas no site da FIFA esperando vagar um momento para comprar o jogo F3 x F4 às escuras, comprou (eba, finalmente vou assistir um jogo da Copa!!!), juntou sua turma e foi pra Curitiba (ou ficou feliz que a Copa seria lá e conseguiu comprar seus ingressos) esperando ver gol e viu Irã e Nigéria. Você pode contar pros seus netos "Eu vi um jogo da Copa de 2014 ao vivo! Mas acabou 0x0". O jogo foi tão ruim que até a rádio FM que transmite os jogos da Copa preferiu tocar 1h de música sem intervalos.

Em Natal, Gana 1 x 2 EEUU - For all - o trampolim da vitória
Não assisti nada deste jogo. Só soube do resultado. Teve um gol estadunidense logo de cara.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

NA COPA DE CASA

Alô, alô, Planeta Terra chamando! Planeta Terra chamando! Alô!
Esta é mais uma edição do diário de bordo da Copa do Mundo, falando diretamente do Brasil, onde tudo pode acontecer...

Em Brasília, 19h Suiça 2 x 1 Equador - Hopp Schwizz!
O mais legal da partida nem foi ela, com um gol impedido suíço de espacate e uma virada bem no finalzinho. Eu fui até o Mané Garrincha antes de começar o jogo para ver como estava a movimentação. E foi muito legal encontrar torcedores do mundo inteiro. A torcida equatoriana era enorme, e contava também com venezuelanos, peruanos, bolivianos, brasileiros de todo o país (Gente do Moriah e do choubisnes daqui estavam assistindo). E os suíços também faziam a festa, com direito a fondue e tudo!

Em Porto Alegre, França 3 x 0 Honduras - Deu pra ti
Foi um jogo tão bom, mas tão bom... que eu dormi o primeiro tempo inteiro. Fui editar o vídeo do Mané Garrincha e perdi o segundo gol. E tem um jogador francês chamado Mahmadou Sakho.

Em RJ, Argentina 2 x 1 Bósnia - Domingo eu vou no Maracanã
A Bósnia é o Brasil na Libertadores. O Maracanã estava com uma boa parte argentina e a outra de brasileiros torcendo para a Bósnia. Mas eu gosto do Messi. Gosto do seu estilo de jogar, apesar de torcer contra a Argentina, achei que o gol dele e a assistência do primeiro foram boas. No gol bósnio, o goleiro Romero ficou tão chateado que socou o gramado.

Show do intervalo:
E como o jogo de Suíça x Equador foi aqui, é claro que eu fui espiar a muvuca. Veja os melhores momentos:

domingo, 15 de junho de 2014

NA COPA DE CASA

Em BH, Colômbia 3 x 0 Grécia - Feftfaftzidis, não vai a lugar nenhum
Alex "Cagão" Escobar narrando, é a nova geração das pérolas. "Gekas está sozinho na área, é grande a solidão do Gekas". O primeiro gol foi muito cagado, com direito ao armeration. Tem um jogador colombiano chamado Cuadrado, espero que não use a camisa 8. E o goleiro grego se chama Karnezis, eu quase achei que estava vendo um episódio de Game of Thrones. Brace yourself! Estava felizona em casa, de boa, vendo o jogo, quando eu me lembro que tinha workshop. Perdi o terceiro gol colombiano.

Em Fortaleza, Uruguai 1 x 3 Costa Rica - deu sopa Campbell
Neste jogo, o Uruguai é o São Paulo na Libertadores. Saí do workshop e o Uruguai já tinha feito gol. Cheguei em casa achando que o jogo estava ganho e a Costa Rica pega e vira o jogo!
Datena narrando no Bandeirantes, haja coração! Descobri que o Lodeiro do Corinthians joga na seleção uruguaia. A Costa Rica virou do nada a seleção coqueluche da Copa. Não falo mais que se Costa Rica jogasse aqui seria jogo ruim. E claro que no final, o Uruguai (com o predestinado jogador Cavani) começou a cavar faltas a torto e a direito.

Em Manaus, Inglaterra 1 x 2 Itália - It's me, Mario
Eu adoro a campanha da cerveja que fala que eles inventaram o futebol e não ganham nada desde 66. Mas este foi um jogão de bola. Claro que Mick Jagger estava torcendo pela sua seleção, por isso perdeu. O Andrea Pirlo jogou muito, e está com cara de guerreiro de seriado épico. Conseguiu algo mais impossível que um gol, bater a bola no travessão e ela quicar pra cima. E Sturridge foi comemorar o gol apontando pra cima e falando "I love Jesus". Achei fofo. E o Galvão Bueno italiano deve ter comemorado até.
Só eu acho piada pronta o atacante italiano se chamar Immobile?

Em Recife, Costa do Marfim 2 x 1 Japão - Galo da Madrugada
Cléber Machado narrando, Galvão Kalou a Boka. Quem inventou de fazer um jogo às 22h? Um com pausa técnica pra água, outro às 22, coé, é teste pro Qatar? Eu passei o jogozzzzz.... Honda fez o gol para o Japão. Se fosse o Ryu, faria um hadouken.
O jogo estava muito mascote da Copa que eu fui lavar a louça... até o Drogba entrar. Quem fez o gol da virada foi o Gervinho. Adoro este nome, tem cara de Copa do Brasil. No final, Japão trocou Osako por Okubo direcionando o time para a retaguarda, mas não funcionou.

Show do Intervalo:
Completei Grécia, Itália e Portugal. Troquei uma figurinha do Neymar pelo tão sonhado brilhante da Espanha. E olha que as figurinhas do Neymar estão sendo vendidas no mercado negro de tão procuradas. Este é o país que sedia a Copa!
Adoro a filmagem dos jogadores para o telão. Eles dão um passo e cruzam o braço com cara de mau.
Amanhã tem jogo em Brasília. E eu já vi esta semana alguns equatorianos circulando a cidade e indo pra Torre de TV fazer comprinhas.
E já disse: Copa do Brasil me lembra Remo x União Barbarense, e não Inglaterra x Itália.
Por que os jogadores estão usando uma chuteira de cada cor? O Nakashima trocou uma com o Balotelli? Confundiram no vestuário?

Estatísticas:
De todos que jogam no Brasil, só os palmeirenses marcaram gol até agora.

sábado, 14 de junho de 2014

NA COPA DE CASA

Nem estou assistindo os jogos, estou acompanhando a movimentação e o barulho. Mas como a Copa é aqui, também teremos onde foi o jogo.

Em Natal, México 1 x 0 Camarões - 13 pessoas enganadas
E o árbitro do STJD fazendo matota só porque era o grupo do Brasil. México teve dois gols legítimos anulados, mas finalmente o Chicharrito fez um valendo.

Em Salvador, Espanha 1 x 5 Holanda - Sabe de nada, inocente!
Ouvi os burburinhos de alguns colegas de trabalho gritando "Chupa Espanha", e fiquei de cara com o resultado final. Se Robben e Van Persie fizessem mais um gol, poderiam pedir música para o Fantástico.

Em Cuiabá, Chile 3 x 1 Austrália - Ó chileno, sem querer, tu aumentas minha dor
Este foi o único jogo que deu pra assistir um pouquinho. Valdívia fez um gol para a alegria dos palmeirenses e os chilenos eram só alegria na arena Pantanal.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

NA COPA DE CASA

Tava demorando para eu escrever alguma coisa desta Copa, principalmente porque as obras estão atrasadas, principalmente do meu álbum de figurinhas, que pensei "Será que eu faço, será que não faço?". Estou fazendo e só tenho completas as seleções da Colômbia e da França (justo a última figurinha francesa que faltava era do Ribery que não veio). A propósito, alguém tem o brilhante da Espanha?
E nem participei de bolão nem nada. Na verdade o clima copeiro só se começou a instalar faz umas duas semanas atrás, graças a uma gravação de áudio e vídeo que resultou no primeiro vídeoclipe profissional do grupo Laugi, lançado junto com o pontapé inicial da partida:


Reconhecem o agasalho de Giselle? É o agasalho brasileiro na Copa.

E ontem foi a abertura. O que teve na abertura? Akira, Criança Esperança, pombas voando, presidenta Dilma sendo xingada, um exoesqueleto produzido por um cientista brasileiro (ÉÉÉÉÉÉ do Brasiilllll!) que só o pessoal que estava no estádio (alguns conhecidos meus das antigas e o Leonardo di Caprio) viu, Pitbull (que provou que algo poderia ser pior que Black Eyed Peas), Jennifer Lopez (disputando com Claudia Leitte a bunda da abertura) que chegou em São Paulo com o jeitinho brasileiro (a FIFA tinha barrado ela, mas ela comprou a passagem e veio), o trio do ole ole cantando em um playback tão bizarro que o microfone da Claudinha Leitte estava mais baixo que o dos gringos. Resultado: os bailarinos do meu choubisnes fariam melhores coreografias, os carnavalescos da Unidos da Tijuca e da Mocidade Independente fariam melhores "carros alegóricos", os músicos da Festa do Boi de Parintins fariam melhor sonorização do ole ole, a galera das festas juninas do nordeste fariam melhores alegorias, que a única coisa boa era tentar encontrar o Akira no meio das araucárias perna-de-pau.
E o jogo Brasil x Croácia, foi o jeitinho brasileiro. O árbitro japonês foi comprado pelos advogados do Fluminense para dar um pênalti inexistente a seu jogador representante, o Fred. E só deu Brasil, até no gol croata, feito contra pelo Marcelo.
Vocês lembram do "Libertador do Fim do Mundo", que rendeu uma série de vídeos musicalmente futebolísticos e sua continuação? Pois a série "Fazendo bola, jogando música" reestreia na Copa do Brasil (eu não aguento "Copa do Brasil", parece que está falando de Asa de Arapiraca x Vila Nova, e não de Brasil x Croácia). Começamos bem o campeonato com este vídeo em homenagem à minha falta de experiência e noção com os países do Leste Europeu:

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

O FANTÁSTICO CHOUBISNES DE 2013

Pelo terceiro ano consecutivo, o blog Profissão Estepe, que já completa doze (peraí, é isso mesmo, doze anos? É, doze!) anos cagados de sua existência, mostra para vocês os talentos no choubisnes. Então acompanhe o que o povo talentoso que eu conheço fez em 2013 e VEM COMIGO!

Choubisnes coletivos

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/EpxZgrRALio" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Across the Universe - Come together
Depois de Rent, Hair e Saltimbancos, a Actus Produções fez o musical baseado no filme Across the Universe, com este belíssimo e psicodélico teaser de vídeo clipe. Destaque para as ex-laugianas Faby Gonçalves e Lívia Dias, para os ex-Rent César Miranda, Beatriz Nobre e Isabelle Luz, e para o ex-Pockets Leonardo Avelar.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/AM3N_eB3ypw" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
ETMB - Anything goes
A Escola de Teatro Musical de Brasília está gerando cada vez mais frutos na capital. Este foi o espetáculo de meio de ano.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/hKkfpfazGsg" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
ETMB - One day more + The people's song
Se mostramos em cima os alunos, estes são os professores, incluindo algumas participações especiais cantando músicas do Les Mis, sucesso nas telas este ano. Destaque para o Rogério Guedes fazendo um Javert infinitamente melhor do que o do filme.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/IM3j29KA3mQ" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Jekyll and Hide - Murder, murder
Além de todos estes musicais (é, o único que falta mesmo é o que eu fiz...), tivemos a montagem acadêmica de O Médico e o Monstro. Além dos atores em cena, o musical contou como pit singers cantores como Joel Junior, protagonista de NYC Dreams of Broadway, e Cinthya Baccile, do Laugi.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/3gTAKseJZbg" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Os incríveis Dragões de Giz - Dez indiozinhos
Projeto de música infantil com a participação de Sarah Goulart e Guilherme Cezário, dA Arca de Noé.

Eu, você e nós - O corpo do mundo
O mesmo grupo, com a participação de Pedro Raphael Paiva, com esta música que concorreu ao Festival Candango Cantador.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/qcWJAIJ6SYs" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Mr. Quai - Love Foolosophy
A banda cover de Jamiroquai conta com Filipe Lima (meu professor de canto, recomendo!) como o Jay Kay e com Naiça Mel no backing vocal. Neste show tivemos a presença de Ana Barreto do Laugi fazendo o backing.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/5hBFdP-ugGc" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Duo Barros - Sem fantasia
Porque ninguém imaginava esta música sendo cantada por dois homens. Maravilhoso!

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/fBlL-hRrl3A" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Quero Música - More than words
Ai está minha música favorita de "canta-aê-que-eu-sei-fazer-a-segunda-voz", com a participação de Gi Oliveira, percussionista do show de 2011 do Laugi, e Paulo Santos.

<iframe width="100%" height="166" scrolling="no" frameborder="no" src="https://w.soundcloud.com/player/?url=https%3A//api.soundcloud.com/tracks/120283365&amp;color=ff6600&amp;auto_play=false&amp;show_artwork=true"></iframe>
Ana Barreto e Paulo Santos - Coração de papelão
O casal laugiano revisita este clássico de nossos tempos de infância.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/IOtk0cNVp20" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Ricardo Taveira e Enzo Ernani - What you own
O rei do Rente está de volta! Junto com Enzo (All Black Band) cantando uma música do meu musical favorito de sempre.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/LD0FAKpfOEc" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Ricardo e Renato Taveira - Wings
Sim, gêmeos da All Black Band!

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/A4M4mQYhXIA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
João Pedro Baccile e Thereza Rachel - Little Things
Os trupecantis João Pedro, sobrinho de Cinthya Baccile, e Thereza Rachel se juntaram para fazer esta versão voz e piano da música do One Direction.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/rlZKUsRlobA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Ordinarius - Arrastão
O gupo vocal Ordinarius se despediu de Luiza Sales que foi pra Espanha com esta versão praiana leve de Arrastão.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/03rk8pdtjGM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Serenata de Natal - Noite feliz
Sob a regência desta que vos escreve. Sem mais.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/fDkMVNj6ZqY" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Trupe Cantis - Barbapapas / Isso aqui o que é / Aquarela do Brasil
Trupe Cantis foi montado nas oficinas do Laugi e fez esta belíssima apresentação homenageando o Brasil e servindo como pano de fundo para as manifestações que ocorreram em junho.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/GT3_MPXiY2E" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Laugi - Hino Nacional Brasileiro
Unindo-se ao povo brasileiro neste momento das manifestações, o Laugi também cumpriu seu papel social gravando o hino nacional e indo pra rua.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/N601444X2QM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Laugi e Boca Livre - Bicicleta
Finalizando, um dos encontros mais inesquecíveis da minha vida, que aconteceu após o show do Boca Livre que o Laugi abriu no Rio de Janeiro.

Choubisnes individuais

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/z3GIxs3Lepc" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Emânuel Costa - L'encouragement Op 34 Fernando Sor
Com esta música, o nosso violonista recebeu o prêmio de segundo lugar no IX Concurso de Música de Câmara "Luiz Gonzaga Carneiro".

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/vd49BGeXwUY" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Rodrigo Karashima - Wave
Guitarrista da Let it Beatles e dos musicais da Actus Produções, manda ver nesta meio que vídeo aula.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/Yd9bE7xJpNE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Marcus Moraes - UAI!!!
O super violonista arrebenta tudo com este country do velho Centro-Oeste.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/9c9kmC2fBbI" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Rogério Troncoso - Pink
Rogério é cantor, compositor, escritor, videomaker, e dá uns helps na sonorização. Este vídeo ele fez para concorrer a uma guitarra autografada pelo Aerosmith.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/IOe10CgVIrE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Ingrid Cardozo - A chata
Ingrid Cardozo é cantora e compositora. Esta é mais uma de suas belas composições.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/t1j5_DB8oLk" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Fhran Miranda - O amor e o poder
Vocês já conhecem o talento de Fhran Miranda de outros carnavais. Ela solta a deusa no concurso do Cantar e Cantar.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/6iS_4y3UKNA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Jéssica Cardoso - Linha Tênue
Jéssica cantou por um tempo no Trupe Cantis mas também capricha em seus vídeos musicais no Youtube.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/iv0vuhmixVM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Lívia Dias - Hey soul sister
2013 foi intenso para Lívia Dias. Ela foi a protagonista do musical Across the Universe e cantou no Trupe Cantis.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/Mc2FDjdlSZM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Chris Dantas - Use somebody
Chris Dantas este ano foi coach vocal dos musicais Hair, NYC Dreams of Broadway e diretora do musical infantil A Arca de Noé. E também nos presenteou com esta apresentação.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/WfyH65-xEnU" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Rafael Vieira - Skyscraper
Com a linda voz de Amanda Miranda, Rafael (RENT e Pockets em 2011) canta uma das músicas teen pop que eu realmente gosto.

Push 2 Sky ft. Thiago Basile - Supernatural
Thiago, que participou do RENT em 2011, emprestou os vocais para esta faixa eletrônica.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/-LT9twrNAYo" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Joel Junior - So close
O protagonista de NYC Dreams of Broadway solta a voz neste tema do filme Encantada.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/VT_5QtCSCJU" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Samantha Vitena - Somebody to love
A diva soul do musica NYC Dreams of Broadway foi o primeiro lugar do concurso do Cantar e Cantar.

E agora, o momento Jekyll:
<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/KHL4bApbofw" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Luíza Lapa - Take me as I am
<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/lruuUFzVl0o" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Jane Blandina - Take me as I am
<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/QjsoKSYhTCs" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Hanna Bezerra - Someone like you
<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/Cqsr-Mt4BP4" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Débora Luise - Someone like you
O momento Jekyll conta com quatro participações: as duas Emmas (Luíza Lapa e Jane Blandina) e as duas Lucys (Hanna Bezerra e Débora Luíse)

Giselle Rhaylla - O Deus que vejo em você
Neste ano, Giselle, além de se despedir do Laugi, gravou vocais para o CD do Adoração e Vida, que foi indicado ao Grammy Latino. Poderosa!

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/GIGCB--WOV0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Frei Alex Nuno - Sou feliz
Ano passado foi o concurso, e neste ano, o Frei Alex Nuno decidiu gravar o videoclipe desta música contando a sua história e a história de muitos sacerdotes.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/21EYeOtbn8s" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Marília Matias - Saudade
Uma das cantoras do casamento que eu cantei em 2012, também é compositora e escreve lindas canções para Deus, destaque para esta agostiniana.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/XXH9lADi604" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Paulo Santos - Uma balada vocal para solo de Biglione
Paulo Santos sempre foi instrumentista, tendo como inspiração o guitarrista Victor Biglione. Enveredado na música vocal, resolveu unir as duas paixões. Escrita em 2003, gravada em 2008, remasterizada e publicada em 2013.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/aY6TPzD_-sA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Fiachra no Jogo de Cena
No Laugi, ele é simplesmente Filipe Gonçalves. Mas Fiachra canta, dança, dá aulas, atua, compõe, arranja e arrasa, com este bate-cabelo que mistura jogo de vozes, tribal fusion e Jung. A música Lights foi semifinalista do Festival Candango Cantador.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/jqbBs92_or8" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Hudson Borges
Virem as cadeiras para Hudson Borges, que mandou este vídeo de inscrição para o The Voice Brasil.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/be1XWoOscgY" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Marcelo Café - Água na boca
Com esta música, Marcelo Café concorreu no Festival Candango Cantador.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/GnLadtXubXA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Litieh - Noite dia
Composição de Pedro Vasconcellos, cavaquinhista do show Nosso Jeito. Mostrando os talentos de Brasília.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/G6fDBbMTQYE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Lucas Baccile - Bom Dia
Irmão da laugiana Cinthya Baccile, também mostra seu talento.

Maria Barrillari - A gente dá certo
Bem, alguém mostra isto pra Sandy e Júnior, façavor? Se eles comprarem a minha ideia, este vídeo bomba!

Rogério Guedes - If I can't love her
Como eu já tinha semi cantado a bola em 2011, em 2012 Rogério seria um sucesso. Isto porque ele foi o mordomo Tropesso do musical Família Addams, aquele que a Marisa Orth foi a Mortícia.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/0IYXcfMQMIU" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Felipe Beirão - Carry on
O baterista da Felipenses mandando ver com esta poderosa versão do Angra.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/6O9qSjaiaXI" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Banda Inside - Is this love
A banda do vocalista André Amarelo grava este som nos estúdios da Hertz.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/D_skd1vHSQA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Belivox - Move Over
Banda com Diógenes Dias na guitarra. É no estúdio dele que este ano gravei alguns backings.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/DqKzKtb7snM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
André Quatorzevoltas - Bad
Artista e pai de artista (sua filha caçula cantou no musical NYC Dreams of Broadway), também participou de um projeto anual de tributo ao Michael Jackson chamado I'll be there.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/Ah3godnRQjU" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Alírio Netto - Superstar
Este vídeo foi uma premonição. Netto, conhecido por interpretar o papel de Jesus em várias montagens nacionais e internacionais de Jesus Cristo Superstar, mudou de lado e cantou o tema principal do Judas Iscariotes na mansão dos mortos no especial da ETMB e em 2014 fará o papel de Judas na montagem brasileira da peça.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/mL-uIjYxL9k" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Priscy - Faz essa dancinha
Priscy atualmente está em hiato do meio musical, mas antes de sair, inspirada nos funk melody de Naldo e Anitta, lançou esta música, que até você vai ficar ba-ban-do!

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/3ldf57Qeax0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Alysson Takaki - The boy with the thorn on his side
Alysson é professor de canto e já cantou em um casamento junto com o Laugi. Neste vídeo, ele atende a pedidos de pessoas que queriam ver ele cantar este sucesso dos The Smiths.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/DvX7xBYaCPw" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Sérgio Bianco - Bridge over troubled water
Para encerrar, vocês lembram destes posts? Sempre quiseram saber que fim levou Sérgio Bianco e suas pizzarias? Pois é, a internet propicia estas respostas. Sérgio Bianco, o cantor de Peruíbe, é cover de Elvis Presley em terra firme e a bordo.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

COMO MONTAR E GERIR UM ROBERTO CARLOS ESPECIAL

Entra ano e sai ano, duas coisas você terá certeza que acontecerão no Natal: a ceia com a parentada e o Especial do Rei. Veja como será o Especial deste ano (e dos próximos):

1º Bloco: imagens de Hans Donner e antigas "desde os primórdios até hoje em dia" do Rei em todos os Especiais enquanto a orquestra RC7 sob a regência de Eduardo Lages toca um pot-pourri (porque medley é mais modernoso) de antigos sucessos do Rei culminando em "Emoções", quando RC começa a cantar. Terminada a música, ele fala: "Que prazerrrrrrrr em reverrrrrrr vocês" Não fala mais nada e começa a cantar "Como vai você?". Entra o primeiro convidado para dividir duas músicas com ele. Intervalo.
2º Bloco: É o bloco da saudade, onde o Rei canta "Como é grande o meu amor por você" e sucessos da Jovem Guarda (não esperem "Quero que vá tudo pro inferno" porque nunca terão). Roberto chama "o meu amigo Erasmo Carlos" e os dois dividem alguma música. Algum ator global dá um depoimento ou faz alguma intervenção. Intervalo.
3º Bloco: É o bloco popular, onde RC canta "Esse cara sou eu" e chama o convidado mais popular do ano e cantam uma música do Rei e uma música deste convidado, geralmente a mais popularesca. Intervalo.
4º Bloco: É o bloco das emoções. Roberto vai tocar algum instrumento e cantar "Detalhes", e suas músicas românticas (quase sempre rola ou o "Amante Cidão" ou "Eu te proponho") Algum outro ator global faz um depoimento ou intervenção, e outro convidado canta com o Rei. Intervalo.
5º Bloco: É o último bloco, o último convidado chega, canta, tem mais uma intervenção global e o Rei termina o especial cantando "Jesus Cristo". Diz "Obrigado! Obrigado! Obrigado! Por esse amor, por esse carinho...", pega as rosas e distribui para a plateia de atores globais. Fim.

domingo, 13 de outubro de 2013

QUERO SER ESTRELA LÁ NO RIO DE JANEIRO 2 - é tão bom quando tudo dá certo

Ano passado, o Laugi ganhou o concurso de grupos vocais Brasil Vocal no Rio de Janeiro, e como continuação do prêmio, fomos convidados para abrirmos o show de um dos grupos vocais mais conceituados do Brasil, o Boca Livre. E como se deu a preparação para este momento?
Parte 1 - Brasília
Como íamos para o Rio de Janeiro não dava para ir no anonimato, o Laugi fez um senhor show, e para isso precisaríamos de uma divulgação maciça. E no dia do show aparecemos três vezes na televisão: a primeira numa notinha do DFTV hora do almoço, a segunda fechando o DFTV segunda edição e outra na Band no seu jornal local, fazendo-se cumprir a terceira parte da profecia. O show aconteceu no Teatro Oi, cumprindo-se a parte final desta profecia que foi a música de abertura deste show. Num dia chuvoso, conseguimos encher aquele teatro não só de fãs mais de pessoas que ainda não conheciam o nosso trabalho. Neste dia, teve até maquiadora para as meninas, e eu fiquei com cara de capa de revista Nova. O show também tinha contado com divulgações em Taguatinga, ParkShopping e num jazz pub muito legal chamado 10 0 13.
Parte 2 - Rio de Janeiro
Depois do show, tivemos menos de duas semanas para arrumar nossas malas e fazer um desapego de músicas para levar, pois nosso show no Oi teve duas horas e teríamos apenas 40 minutos antes de abrir para o Boca Livre. Fora isso, Paulão operou a apendicite, Giselle teve distensão muscular tão feia que acharam que era trombose. Chegamos no Rio, uns na quarta e outros no dia. Quem chegou na quarta, na hora da descida, fez uma egrégora de mãos dadas para unir energias enquanto o piloto sem noção assustava a gente berrando: "TRIPULAÇÃO... pouso autorizado." Na quarta, fomos até a tenda, inaugurada para uma grande programação cultural até 2014, e com capacidade para 600 pessoas. Foram os primeiros shows do Festival Brasil Vocal, incluindo grupos vocais veteranos e a nova geração. No primeiro dia, tivemos o grupo Ordinarius que conta agora com Marcela Mangabeira, ex-BeBossa. Eles apresentaram seu arranjo mundialmente conhecido de As long as you love me e outras canções de seu repertório. E logo após vieram cantar o Quarteto em Cy, divassas cantando sucessos consagrados em aberturas de novelas. Na quinta, o grande dia do show, cada um se preparou como pôde, ou indo pra praia, ou indo pra piscina, ou indo pro Rio diretamente pra tenda. Na tenda, demoramos para passar o som até conseguirmos regular bonitinho. Feito isso, teríamos apenas uma hora e meia para voltar pro hotel, se arrumar e ir cantar. Isto porque era uma quinta, tinha gente com mala ainda e o evento era na Candelária e estávamos no Catete. Chegamos e fizemos o milagre da multiplicação dos minutos, se arrumando, maquiando, tomando banho, ajeitando o cabelo. Claro que só conseguimos sair sete e meia da noite para pegarmos um metrô e andarmos mais uns 200 metros (o pessoal que estava meio lesionado rachou um táxi) e eu sair andando nos paralelepípedos do centro do Rio de saltão. O primo do Jairo que encontrou a gente no metrô estava desejando um "Quebre a perna" quando eu quase quebrei a minha caindo nos paralelepípedos. Chegamos, nos recompomos e o pessoal do Boca Livre chega no nosso camarim desejando merda pra gente! Subimos pro palco e nunca antes na história destes shows todos entramos tão relaxados num palco tão desconhecido. Aquele lugar era nosso, e muita gente aplaudia. De todos os três dias, o nosso foi o único que não fecharam a tenda pra calçada, então quem passava por lá poderia ver e ouvir a gente. E muita gente parava pra ver, principalmente na hora do hino. A plateia aplaudiu muito a gente, e foi uma das nossas melhores apresentações ever! E depois demos lugar para o Boca Livre, que foi simplesmente lindo. Elogiaram a gente, cantaram lindamente, e todos eles têm a voz do Zé Renato! O Maurício Maestro é uma elegância só tocando o baixo e cantando. No final, eles chamaram a gente para dividir o palco e cantarmos Ponta de Areia, que mesmo que 90% de nós não soubessem a letra inteira, foi muito emocionante. Nós falamos que já cantamos um arranjo de Bicicleta, e eles pediram pra gente cantar, e no final eles estavam cantando junto com a gente! Foi simplesmente um momento surreal! Depois comemoramos juntando David Reis, que tinha acabado de chegar para concorrer ao mesmo concurso que o Paulão ganhou ano passado, o de arranjos vocais. Brindamos ele com as falas da peça que cantamos ano passado. Sexta, depois de dever cumprido, voltamos lá pra ver o show do grupo vocal baiano MP7. Foi simplesmente fantástico, e neste grupo, tem uma moça que faz percussão vocal. E o MPB4 que veio depois foi muito fofo reverenciando o MP7. O show deles foi simplesmente lindo e o cara da iluminação roubou a cena.
E já teremos atividades na quarta e na quinta, depois desta estadia maravilhosa no Rio: show Nosso Jeito no Guará. VEM COMIGO!
P.S.: questão de honra pra mim aprender a Ponta de Areia inteira!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

QUEM DERA SER UM PEIXE - a saga de uma compradora coletiva (Especial Beyoncé)

Fazia um bom tempo que não escrevia sobre compra coletiva, e apesar de isto ser minha descrição de um show, isto não seria possível sem a compra coletiva.
Pois depois de não poder comprar o ingresso para a Beyoncé no momento da abertura da bilheteria online, veio a compra coletiva, me mostrou uma promoção mara a uma semana do show. Comprei. Foi o maior espetáculo de bate-cabelo do Mané Garrincha ever, desde antes dele ser padrão FIFA.
Cheguei lá e fui comer na "praça de alimentação", barraquinhas que ficam do lado de fora do estádio vendendo hot dog, churros, crepes, acarajés, espetinhos, baião de dois, tudo para saciar sua fome e você poder aproveitar bem o show. Entrei na fila e o ônibus da rádio popular tocava uma Anitta premonitória: "Pre-para, que agora é hora do show das poderosas...", enquanto ambulantes vendiam "a faixa da Bibi", demonstrando uma intimidade com a diva que nem o maridão JayZ deve ter. 
Já dentro do estádio, um DJ animava a plateia botando os hits atuais de pista de dança, desde os internacionais até os nacionais.
O DJ saiu, os roadies começaram a limpar o palco, e de repente, algo que não acontecia há muito tempo em Brasília aconteceu: choveu. Quem estava na pista foi saindo pra se abrigar, quem estava na cadeira foi passando é frio. Por causa da chuva, o show demorou mais de uma hora pra começar, porque os roadies tiveram que varrer o palco de novo (no quadrado da frente, estava engraçado até, porque eles passavam
 o rodo e jogavam água em quem estava na fila do gargarejo). Enquanto isso, o telão passava Beyoncé em propagandas de perfume, campanhas humanitárias, bebendo refrigerante. E o show começa!
Havia vários telões, mais o telão do fundo do palco que passava vídeos durante suas trocas de roupa (sim, a bicha usou oito roupas diferentes que trocava num passe de mágica! E o cabelo? E os acessórios, apesar de ela estar com o mesmo brincão? E o monitor in-ear?), vídeos feitos para o show que pareciam de propaganda de perfume e/ou bebida. Nisso, Bey vem toda diva de cabelão preso por causa da chuva (ela agora está de cabelo curto, queria entender o aplique nesta mulher). Toda trabalhada no carão e nas pernas, e que pernas!!!! Enquanto cantava "If I were a boy", foi até o quadrado da frente e cantou divaça no meio da chuva. "If you're in the rain, I'm in the rain", disse, e aí ela fez algo que nunca vi nenhum artista fazer quando demora mais de meia hora para entrar no palco: pediu desculpas pelo atraso. Justificou por causa da chuva e ainda falou que a chuva não iria parar o show. Diva, não precisou nem aprender português, mas o povo de lá entendia tudo.
Se tem uma palavra que descreve o show dela, é "superlativo". Tudo nela é superlativo: ela canta pra caraca, dança pra caraca, seus bailarinos dançam pra caraca, sua banda composta só de mulheres toca pra caraca, os efeitos de palco vem superlativos com uma iluminação contagiante, fumaça, show pirotécnico e chuva de papel picado no final. E o mais interessante, ela sempre estava presente, se divertindo no palco, principalmente com os dançarinos, que por causa da chuva, quase escorregavam durante as coreografias. E todos os sucessos dela cantados foram da carreira solo, não precisou "resgatar do fundo do baú" a Destiny's Child.
No final, duas surpresas: a primeira, antes de cantar "Halo", ela cantou sem acompanhamento um trechinho de I will always love you. E na última troca de roupa, como no Rio, ela dançou Lelek lek. E eu, que estava pedindo para ela fazer o quadradinho de 8, ela chegou perto de fazer num dos vídeos de troca de roupa.
No final de tudo, fiquei obcecada pelo trabalho que a Beyoncé faz, seja com a voz, seja com a dança, seja com as pernas, seja com a produção daquilo tudo. E pode até parecer heresia o que eu vou escrever, mas eu que desde pequena queria ir no show do Michael Jackson, posso dizer que o show da Beyoncé foi o mais próximo que eu cheguei de um "show do Michael Jackson", pela superprodução, pelo supertalento, pela grandiosidade e pela mistura muito bem sucedida de voz com coreografia, com efeitos especiais.
eXTReMe Tracker