Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

O FANTÁSTICO CHOUBISNES DE 2013

Pelo terceiro ano consecutivo, o blog Profissão Estepe, que já completa doze (peraí, é isso mesmo, doze anos? É, doze!) anos cagados de sua existência, mostra para vocês os talentos no choubisnes. Então acompanhe o que o povo talentoso que eu conheço fez em 2013 e VEM COMIGO!

Choubisnes coletivos

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/EpxZgrRALio" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Across the Universe - Come together
Depois de Rent, Hair e Saltimbancos, a Actus Produções fez o musical baseado no filme Across the Universe, com este belíssimo e psicodélico teaser de vídeo clipe. Destaque para as ex-laugianas Faby Gonçalves e Lívia Dias, para os ex-Rent César Miranda, Beatriz Nobre e Isabelle Luz, e para o ex-Pockets Leonardo Avelar.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/AM3N_eB3ypw" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
ETMB - Anything goes
A Escola de Teatro Musical de Brasília está gerando cada vez mais frutos na capital. Este foi o espetáculo de meio de ano.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/hKkfpfazGsg" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
ETMB - One day more + The people's song
Se mostramos em cima os alunos, estes são os professores, incluindo algumas participações especiais cantando músicas do Les Mis, sucesso nas telas este ano. Destaque para o Rogério Guedes fazendo um Javert infinitamente melhor do que o do filme.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/IM3j29KA3mQ" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Jekyll and Hide - Murder, murder
Além de todos estes musicais (é, o único que falta mesmo é o que eu fiz...), tivemos a montagem acadêmica de O Médico e o Monstro. Além dos atores em cena, o musical contou como pit singers cantores como Joel Junior, protagonista de NYC Dreams of Broadway, e Cinthya Baccile, do Laugi.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/3gTAKseJZbg" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Os incríveis Dragões de Giz - Dez indiozinhos
Projeto de música infantil com a participação de Sarah Goulart e Guilherme Cezário, dA Arca de Noé.

Eu, você e nós - O corpo do mundo
O mesmo grupo, com a participação de Pedro Raphael Paiva, com esta música que concorreu ao Festival Candango Cantador.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/qcWJAIJ6SYs" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Mr. Quai - Love Foolosophy
A banda cover de Jamiroquai conta com Filipe Lima (meu professor de canto, recomendo!) como o Jay Kay e com Naiça Mel no backing vocal. Neste show tivemos a presença de Ana Barreto do Laugi fazendo o backing.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/5hBFdP-ugGc" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Duo Barros - Sem fantasia
Porque ninguém imaginava esta música sendo cantada por dois homens. Maravilhoso!

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/fBlL-hRrl3A" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Quero Música - More than words
Ai está minha música favorita de "canta-aê-que-eu-sei-fazer-a-segunda-voz", com a participação de Gi Oliveira, percussionista do show de 2011 do Laugi, e Paulo Santos.

<iframe width="100%" height="166" scrolling="no" frameborder="no" src="https://w.soundcloud.com/player/?url=https%3A//api.soundcloud.com/tracks/120283365&amp;color=ff6600&amp;auto_play=false&amp;show_artwork=true"></iframe>
Ana Barreto e Paulo Santos - Coração de papelão
O casal laugiano revisita este clássico de nossos tempos de infância.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/IOtk0cNVp20" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Ricardo Taveira e Enzo Ernani - What you own
O rei do Rente está de volta! Junto com Enzo (All Black Band) cantando uma música do meu musical favorito de sempre.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/LD0FAKpfOEc" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Ricardo e Renato Taveira - Wings
Sim, gêmeos da All Black Band!

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/A4M4mQYhXIA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
João Pedro Baccile e Thereza Rachel - Little Things
Os trupecantis João Pedro, sobrinho de Cinthya Baccile, e Thereza Rachel se juntaram para fazer esta versão voz e piano da música do One Direction.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/rlZKUsRlobA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Ordinarius - Arrastão
O gupo vocal Ordinarius se despediu de Luiza Sales que foi pra Espanha com esta versão praiana leve de Arrastão.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/03rk8pdtjGM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Serenata de Natal - Noite feliz
Sob a regência desta que vos escreve. Sem mais.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/fDkMVNj6ZqY" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Trupe Cantis - Barbapapas / Isso aqui o que é / Aquarela do Brasil
Trupe Cantis foi montado nas oficinas do Laugi e fez esta belíssima apresentação homenageando o Brasil e servindo como pano de fundo para as manifestações que ocorreram em junho.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/GT3_MPXiY2E" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Laugi - Hino Nacional Brasileiro
Unindo-se ao povo brasileiro neste momento das manifestações, o Laugi também cumpriu seu papel social gravando o hino nacional e indo pra rua.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/N601444X2QM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Laugi e Boca Livre - Bicicleta
Finalizando, um dos encontros mais inesquecíveis da minha vida, que aconteceu após o show do Boca Livre que o Laugi abriu no Rio de Janeiro.

Choubisnes individuais

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/z3GIxs3Lepc" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Emânuel Costa - L'encouragement Op 34 Fernando Sor
Com esta música, o nosso violonista recebeu o prêmio de segundo lugar no IX Concurso de Música de Câmara "Luiz Gonzaga Carneiro".

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/vd49BGeXwUY" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Rodrigo Karashima - Wave
Guitarrista da Let it Beatles e dos musicais da Actus Produções, manda ver nesta meio que vídeo aula.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/Yd9bE7xJpNE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Marcus Moraes - UAI!!!
O super violonista arrebenta tudo com este country do velho Centro-Oeste.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/9c9kmC2fBbI" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Rogério Troncoso - Pink
Rogério é cantor, compositor, escritor, videomaker, e dá uns helps na sonorização. Este vídeo ele fez para concorrer a uma guitarra autografada pelo Aerosmith.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/IOe10CgVIrE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Ingrid Cardozo - A chata
Ingrid Cardozo é cantora e compositora. Esta é mais uma de suas belas composições.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/t1j5_DB8oLk" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Fhran Miranda - O amor e o poder
Vocês já conhecem o talento de Fhran Miranda de outros carnavais. Ela solta a deusa no concurso do Cantar e Cantar.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/6iS_4y3UKNA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Jéssica Cardoso - Linha Tênue
Jéssica cantou por um tempo no Trupe Cantis mas também capricha em seus vídeos musicais no Youtube.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/iv0vuhmixVM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Lívia Dias - Hey soul sister
2013 foi intenso para Lívia Dias. Ela foi a protagonista do musical Across the Universe e cantou no Trupe Cantis.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/Mc2FDjdlSZM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Chris Dantas - Use somebody
Chris Dantas este ano foi coach vocal dos musicais Hair, NYC Dreams of Broadway e diretora do musical infantil A Arca de Noé. E também nos presenteou com esta apresentação.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/WfyH65-xEnU" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Rafael Vieira - Skyscraper
Com a linda voz de Amanda Miranda, Rafael (RENT e Pockets em 2011) canta uma das músicas teen pop que eu realmente gosto.

Push 2 Sky ft. Thiago Basile - Supernatural
Thiago, que participou do RENT em 2011, emprestou os vocais para esta faixa eletrônica.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/-LT9twrNAYo" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Joel Junior - So close
O protagonista de NYC Dreams of Broadway solta a voz neste tema do filme Encantada.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/VT_5QtCSCJU" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Samantha Vitena - Somebody to love
A diva soul do musica NYC Dreams of Broadway foi o primeiro lugar do concurso do Cantar e Cantar.

E agora, o momento Jekyll:
<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/KHL4bApbofw" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Luíza Lapa - Take me as I am
<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/lruuUFzVl0o" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Jane Blandina - Take me as I am
<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/QjsoKSYhTCs" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Hanna Bezerra - Someone like you
<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/Cqsr-Mt4BP4" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Débora Luise - Someone like you
O momento Jekyll conta com quatro participações: as duas Emmas (Luíza Lapa e Jane Blandina) e as duas Lucys (Hanna Bezerra e Débora Luíse)

Giselle Rhaylla - O Deus que vejo em você
Neste ano, Giselle, além de se despedir do Laugi, gravou vocais para o CD do Adoração e Vida, que foi indicado ao Grammy Latino. Poderosa!

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/GIGCB--WOV0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Frei Alex Nuno - Sou feliz
Ano passado foi o concurso, e neste ano, o Frei Alex Nuno decidiu gravar o videoclipe desta música contando a sua história e a história de muitos sacerdotes.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/21EYeOtbn8s" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Marília Matias - Saudade
Uma das cantoras do casamento que eu cantei em 2012, também é compositora e escreve lindas canções para Deus, destaque para esta agostiniana.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/XXH9lADi604" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Paulo Santos - Uma balada vocal para solo de Biglione
Paulo Santos sempre foi instrumentista, tendo como inspiração o guitarrista Victor Biglione. Enveredado na música vocal, resolveu unir as duas paixões. Escrita em 2003, gravada em 2008, remasterizada e publicada em 2013.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/aY6TPzD_-sA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Fiachra no Jogo de Cena
No Laugi, ele é simplesmente Filipe Gonçalves. Mas Fiachra canta, dança, dá aulas, atua, compõe, arranja e arrasa, com este bate-cabelo que mistura jogo de vozes, tribal fusion e Jung. A música Lights foi semifinalista do Festival Candango Cantador.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/jqbBs92_or8" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Hudson Borges
Virem as cadeiras para Hudson Borges, que mandou este vídeo de inscrição para o The Voice Brasil.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/be1XWoOscgY" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Marcelo Café - Água na boca
Com esta música, Marcelo Café concorreu no Festival Candango Cantador.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/GnLadtXubXA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Litieh - Noite dia
Composição de Pedro Vasconcellos, cavaquinhista do show Nosso Jeito. Mostrando os talentos de Brasília.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/G6fDBbMTQYE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Lucas Baccile - Bom Dia
Irmão da laugiana Cinthya Baccile, também mostra seu talento.

Maria Barrillari - A gente dá certo
Bem, alguém mostra isto pra Sandy e Júnior, façavor? Se eles comprarem a minha ideia, este vídeo bomba!

Rogério Guedes - If I can't love her
Como eu já tinha semi cantado a bola em 2011, em 2012 Rogério seria um sucesso. Isto porque ele foi o mordomo Tropesso do musical Família Addams, aquele que a Marisa Orth foi a Mortícia.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/0IYXcfMQMIU" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Felipe Beirão - Carry on
O baterista da Felipenses mandando ver com esta poderosa versão do Angra.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/6O9qSjaiaXI" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Banda Inside - Is this love
A banda do vocalista André Amarelo grava este som nos estúdios da Hertz.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/D_skd1vHSQA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Belivox - Move Over
Banda com Diógenes Dias na guitarra. É no estúdio dele que este ano gravei alguns backings.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/DqKzKtb7snM" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
André Quatorzevoltas - Bad
Artista e pai de artista (sua filha caçula cantou no musical NYC Dreams of Broadway), também participou de um projeto anual de tributo ao Michael Jackson chamado I'll be there.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/Ah3godnRQjU" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Alírio Netto - Superstar
Este vídeo foi uma premonição. Netto, conhecido por interpretar o papel de Jesus em várias montagens nacionais e internacionais de Jesus Cristo Superstar, mudou de lado e cantou o tema principal do Judas Iscariotes na mansão dos mortos no especial da ETMB e em 2014 fará o papel de Judas na montagem brasileira da peça.

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/mL-uIjYxL9k" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Priscy - Faz essa dancinha
Priscy atualmente está em hiato do meio musical, mas antes de sair, inspirada nos funk melody de Naldo e Anitta, lançou esta música, que até você vai ficar ba-ban-do!

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/3ldf57Qeax0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Alysson Takaki - The boy with the thorn on his side
Alysson é professor de canto e já cantou em um casamento junto com o Laugi. Neste vídeo, ele atende a pedidos de pessoas que queriam ver ele cantar este sucesso dos The Smiths.

<iframe width="420" height="315" src="//www.youtube.com/embed/DvX7xBYaCPw" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
Sérgio Bianco - Bridge over troubled water
Para encerrar, vocês lembram destes posts? Sempre quiseram saber que fim levou Sérgio Bianco e suas pizzarias? Pois é, a internet propicia estas respostas. Sérgio Bianco, o cantor de Peruíbe, é cover de Elvis Presley em terra firme e a bordo.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

COMO MONTAR E GERIR UM ROBERTO CARLOS ESPECIAL

Entra ano e sai ano, duas coisas você terá certeza que acontecerão no Natal: a ceia com a parentada e o Especial do Rei. Veja como será o Especial deste ano (e dos próximos):

1º Bloco: imagens de Hans Donner e antigas "desde os primórdios até hoje em dia" do Rei em todos os Especiais enquanto a orquestra RC7 sob a regência de Eduardo Lages toca um pot-pourri (porque medley é mais modernoso) de antigos sucessos do Rei culminando em "Emoções", quando RC começa a cantar. Terminada a música, ele fala: "Que prazerrrrrrrr em reverrrrrrr vocês" Não fala mais nada e começa a cantar "Como vai você?". Entra o primeiro convidado para dividir duas músicas com ele. Intervalo.
2º Bloco: É o bloco da saudade, onde o Rei canta "Como é grande o meu amor por você" e sucessos da Jovem Guarda (não esperem "Quero que vá tudo pro inferno" porque nunca terão). Roberto chama "o meu amigo Erasmo Carlos" e os dois dividem alguma música. Algum ator global dá um depoimento ou faz alguma intervenção. Intervalo.
3º Bloco: É o bloco popular, onde RC canta "Esse cara sou eu" e chama o convidado mais popular do ano e cantam uma música do Rei e uma música deste convidado, geralmente a mais popularesca. Intervalo.
4º Bloco: É o bloco das emoções. Roberto vai tocar algum instrumento e cantar "Detalhes", e suas músicas românticas (quase sempre rola ou o "Amante Cidão" ou "Eu te proponho") Algum outro ator global faz um depoimento ou intervenção, e outro convidado canta com o Rei. Intervalo.
5º Bloco: É o último bloco, o último convidado chega, canta, tem mais uma intervenção global e o Rei termina o especial cantando "Jesus Cristo". Diz "Obrigado! Obrigado! Obrigado! Por esse amor, por esse carinho...", pega as rosas e distribui para a plateia de atores globais. Fim.

domingo, 13 de outubro de 2013

QUERO SER ESTRELA LÁ NO RIO DE JANEIRO 2 - é tão bom quando tudo dá certo

Ano passado, o Laugi ganhou o concurso de grupos vocais Brasil Vocal no Rio de Janeiro, e como continuação do prêmio, fomos convidados para abrirmos o show de um dos grupos vocais mais conceituados do Brasil, o Boca Livre. E como se deu a preparação para este momento?
Parte 1 - Brasília
Como íamos para o Rio de Janeiro não dava para ir no anonimato, o Laugi fez um senhor show, e para isso precisaríamos de uma divulgação maciça. E no dia do show aparecemos três vezes na televisão: a primeira numa notinha do DFTV hora do almoço, a segunda fechando o DFTV segunda edição e outra na Band no seu jornal local, fazendo-se cumprir a terceira parte da profecia. O show aconteceu no Teatro Oi, cumprindo-se a parte final desta profecia que foi a música de abertura deste show. Num dia chuvoso, conseguimos encher aquele teatro não só de fãs mais de pessoas que ainda não conheciam o nosso trabalho. Neste dia, teve até maquiadora para as meninas, e eu fiquei com cara de capa de revista Nova. O show também tinha contado com divulgações em Taguatinga, ParkShopping e num jazz pub muito legal chamado 10 0 13.
Parte 2 - Rio de Janeiro
Depois do show, tivemos menos de duas semanas para arrumar nossas malas e fazer um desapego de músicas para levar, pois nosso show no Oi teve duas horas e teríamos apenas 40 minutos antes de abrir para o Boca Livre. Fora isso, Paulão operou a apendicite, Giselle teve distensão muscular tão feia que acharam que era trombose. Chegamos no Rio, uns na quarta e outros no dia. Quem chegou na quarta, na hora da descida, fez uma egrégora de mãos dadas para unir energias enquanto o piloto sem noção assustava a gente berrando: "TRIPULAÇÃO... pouso autorizado." Na quarta, fomos até a tenda, inaugurada para uma grande programação cultural até 2014, e com capacidade para 600 pessoas. Foram os primeiros shows do Festival Brasil Vocal, incluindo grupos vocais veteranos e a nova geração. No primeiro dia, tivemos o grupo Ordinarius que conta agora com Marcela Mangabeira, ex-BeBossa. Eles apresentaram seu arranjo mundialmente conhecido de As long as you love me e outras canções de seu repertório. E logo após vieram cantar o Quarteto em Cy, divassas cantando sucessos consagrados em aberturas de novelas. Na quinta, o grande dia do show, cada um se preparou como pôde, ou indo pra praia, ou indo pra piscina, ou indo pro Rio diretamente pra tenda. Na tenda, demoramos para passar o som até conseguirmos regular bonitinho. Feito isso, teríamos apenas uma hora e meia para voltar pro hotel, se arrumar e ir cantar. Isto porque era uma quinta, tinha gente com mala ainda e o evento era na Candelária e estávamos no Catete. Chegamos e fizemos o milagre da multiplicação dos minutos, se arrumando, maquiando, tomando banho, ajeitando o cabelo. Claro que só conseguimos sair sete e meia da noite para pegarmos um metrô e andarmos mais uns 200 metros (o pessoal que estava meio lesionado rachou um táxi) e eu sair andando nos paralelepípedos do centro do Rio de saltão. O primo do Jairo que encontrou a gente no metrô estava desejando um "Quebre a perna" quando eu quase quebrei a minha caindo nos paralelepípedos. Chegamos, nos recompomos e o pessoal do Boca Livre chega no nosso camarim desejando merda pra gente! Subimos pro palco e nunca antes na história destes shows todos entramos tão relaxados num palco tão desconhecido. Aquele lugar era nosso, e muita gente aplaudia. De todos os três dias, o nosso foi o único que não fecharam a tenda pra calçada, então quem passava por lá poderia ver e ouvir a gente. E muita gente parava pra ver, principalmente na hora do hino. A plateia aplaudiu muito a gente, e foi uma das nossas melhores apresentações ever! E depois demos lugar para o Boca Livre, que foi simplesmente lindo. Elogiaram a gente, cantaram lindamente, e todos eles têm a voz do Zé Renato! O Maurício Maestro é uma elegância só tocando o baixo e cantando. No final, eles chamaram a gente para dividir o palco e cantarmos Ponta de Areia, que mesmo que 90% de nós não soubessem a letra inteira, foi muito emocionante. Nós falamos que já cantamos um arranjo de Bicicleta, e eles pediram pra gente cantar, e no final eles estavam cantando junto com a gente! Foi simplesmente um momento surreal! Depois comemoramos juntando David Reis, que tinha acabado de chegar para concorrer ao mesmo concurso que o Paulão ganhou ano passado, o de arranjos vocais. Brindamos ele com as falas da peça que cantamos ano passado. Sexta, depois de dever cumprido, voltamos lá pra ver o show do grupo vocal baiano MP7. Foi simplesmente fantástico, e neste grupo, tem uma moça que faz percussão vocal. E o MPB4 que veio depois foi muito fofo reverenciando o MP7. O show deles foi simplesmente lindo e o cara da iluminação roubou a cena.
E já teremos atividades na quarta e na quinta, depois desta estadia maravilhosa no Rio: show Nosso Jeito no Guará. VEM COMIGO!
P.S.: questão de honra pra mim aprender a Ponta de Areia inteira!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

QUEM DERA SER UM PEIXE - a saga de uma compradora coletiva (Especial Beyoncé)

Fazia um bom tempo que não escrevia sobre compra coletiva, e apesar de isto ser minha descrição de um show, isto não seria possível sem a compra coletiva.
Pois depois de não poder comprar o ingresso para a Beyoncé no momento da abertura da bilheteria online, veio a compra coletiva, me mostrou uma promoção mara a uma semana do show. Comprei. Foi o maior espetáculo de bate-cabelo do Mané Garrincha ever, desde antes dele ser padrão FIFA.
Cheguei lá e fui comer na "praça de alimentação", barraquinhas que ficam do lado de fora do estádio vendendo hot dog, churros, crepes, acarajés, espetinhos, baião de dois, tudo para saciar sua fome e você poder aproveitar bem o show. Entrei na fila e o ônibus da rádio popular tocava uma Anitta premonitória: "Pre-para, que agora é hora do show das poderosas...", enquanto ambulantes vendiam "a faixa da Bibi", demonstrando uma intimidade com a diva que nem o maridão JayZ deve ter. 
Já dentro do estádio, um DJ animava a plateia botando os hits atuais de pista de dança, desde os internacionais até os nacionais.
O DJ saiu, os roadies começaram a limpar o palco, e de repente, algo que não acontecia há muito tempo em Brasília aconteceu: choveu. Quem estava na pista foi saindo pra se abrigar, quem estava na cadeira foi passando é frio. Por causa da chuva, o show demorou mais de uma hora pra começar, porque os roadies tiveram que varrer o palco de novo (no quadrado da frente, estava engraçado até, porque eles passavam
 o rodo e jogavam água em quem estava na fila do gargarejo). Enquanto isso, o telão passava Beyoncé em propagandas de perfume, campanhas humanitárias, bebendo refrigerante. E o show começa!
Havia vários telões, mais o telão do fundo do palco que passava vídeos durante suas trocas de roupa (sim, a bicha usou oito roupas diferentes que trocava num passe de mágica! E o cabelo? E os acessórios, apesar de ela estar com o mesmo brincão? E o monitor in-ear?), vídeos feitos para o show que pareciam de propaganda de perfume e/ou bebida. Nisso, Bey vem toda diva de cabelão preso por causa da chuva (ela agora está de cabelo curto, queria entender o aplique nesta mulher). Toda trabalhada no carão e nas pernas, e que pernas!!!! Enquanto cantava "If I were a boy", foi até o quadrado da frente e cantou divaça no meio da chuva. "If you're in the rain, I'm in the rain", disse, e aí ela fez algo que nunca vi nenhum artista fazer quando demora mais de meia hora para entrar no palco: pediu desculpas pelo atraso. Justificou por causa da chuva e ainda falou que a chuva não iria parar o show. Diva, não precisou nem aprender português, mas o povo de lá entendia tudo.
Se tem uma palavra que descreve o show dela, é "superlativo". Tudo nela é superlativo: ela canta pra caraca, dança pra caraca, seus bailarinos dançam pra caraca, sua banda composta só de mulheres toca pra caraca, os efeitos de palco vem superlativos com uma iluminação contagiante, fumaça, show pirotécnico e chuva de papel picado no final. E o mais interessante, ela sempre estava presente, se divertindo no palco, principalmente com os dançarinos, que por causa da chuva, quase escorregavam durante as coreografias. E todos os sucessos dela cantados foram da carreira solo, não precisou "resgatar do fundo do baú" a Destiny's Child.
No final, duas surpresas: a primeira, antes de cantar "Halo", ela cantou sem acompanhamento um trechinho de I will always love you. E na última troca de roupa, como no Rio, ela dançou Lelek lek. E eu, que estava pedindo para ela fazer o quadradinho de 8, ela chegou perto de fazer num dos vídeos de troca de roupa.
No final de tudo, fiquei obcecada pelo trabalho que a Beyoncé faz, seja com a voz, seja com a dança, seja com as pernas, seja com a produção daquilo tudo. E pode até parecer heresia o que eu vou escrever, mas eu que desde pequena queria ir no show do Michael Jackson, posso dizer que o show da Beyoncé foi o mais próximo que eu cheguei de um "show do Michael Jackson", pela superprodução, pelo supertalento, pela grandiosidade e pela mistura muito bem sucedida de voz com coreografia, com efeitos especiais.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

ENTRA EM CENA, FAZ SEU NÚMERO

Quem me conhece sabe que sou mais de cantar do que de atuar, mais de cinema do que de teatro. Mas de uns tempos pra cá comecei a ver que juntando tudo, a arte fica mais completa. Foi por isso que resolvi assistir a alguma peça do Cena Contemporânea 2013, o festival de teatro do Distrito Federal onde pude juntar teatro físico, dança, meditação, haikai, clown e um grande amor.
Nos mesmos moldes que eu escolhia um filme nas já conhecidas mostras de cinema tanto de São Paulo quanto do Distrito Federal, eu escolhi uma peça para assistir. E foi a Imagens do Sagrado - Bilma, da Cia. Os Buriti. A peça em si é um monólogo de dança, no qual a atriz contracena com ela mesma, com a plateia e com a luz. Com poucas falas, ela demonstra com gestos e expressões desespero, angústia, alegria, fuga da luz, sombra, morte, vida e libertação. E os números de dança são verdadeiras orações na qual ela entra em conexão com ela mesma e com o sagrado. A luz também fez o seu papel de destaque conduzindo o ambiente para as tais imagens do sagrado, principalmente as cabalísticas. O interessante é que a dança era cíclica e em círculos e o ambiente de teatro de arena ajudava para que todo mundo pudesse ver. E eu, que sou naturalmente uma mão-de-alface, estava totalmente absorta nos diversos movimentos, cada um relacionado a um elemento da natureza. Aprendendo e curtindo a experiência do teatro.
Para quem quiser assistir, amanhã tem mais no CCBB, R$ 10 a meia.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

ABSTINÊNCIA

O vício é um dos piores problemas da humanidade. E se descobrir tendente a um vício é algo muito precioso e corajoso. A partir daí, começa uma luta para evitar se cair em tentação. Ao mesmo tempo, se torna mais difícil ver todo mundo usufruindo e você não podendo nem chegar perto, pois você sabe que isto pode destruir a tudo e a todos ao seu redor. E é por isso que por mais que doa e que me tentem, eu nunca vou me aproximar de... Candy Crush Saga.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

O NOSSO NOVO JEITO, DO MEU JEITO, DE NOVO

Semana de recesso. Volta com encontros e despedidas. Tia, me dá um autógrafo? Sinusite. Ensaios musicais. Gravações. O Brasil acordou. Gravação do hino. Videoclipe na Esplanada. Divulgação no Facebook e no youtube. 1000 compartilhamentos. Responsabilidade aumentando. Exigência aumentando. Novas cenas. Foco, concentração e disciplina. Correr atrás do prejuízo. Semana final. Últimos detalhes. Espaço reduzido. Cortes. Desapego. Passada no teatro. Uma sem voz, outra com dores na lombar, eu com bursite no quadril. Flashmob no Terraço Shopping. Everyone must stand... opa, agora não. Luz e som. Entravada. Wololo. Aprendendo a andar de salto. Pussycat Dolls. Pose da Xuxa. Gravação de making of. Velas. Artificiais, claro. Cadeiras e bancos. Chegar em casa meia-noite.
Sábado. Relaxamento, divulgação, nail art e arrumação do cabelo para evento duplo. Arruma a mochila dupla. E o iPad? Chega no teatro. Arruma um balde pra pia. Lanchinho bem organizado. Limão e nada? Tem que arrumar o projetor. Não vai dar tempo de passar geral. Não vai dar tempo de se maquiar. Passagem rápida. Passa som e luz. A vela não apaga. Quase caí da cadeira. Maquiagem. Faz a sobrancelha. O pessoal já vai entrar. Apaga as luzes. Deixa a do banheiro. Meninas se maquiando com a lanterna dos celulares. Arruma as cadeiras e as jaquetas. Segura sua mão na minha. Energização e concentração. Tem gente do musical na plateia. Apagam-se as luzes. Projetor. Entrando com o hino. Caras novas. Palmas. Subiu um tom. Diversidade. Boa noite, Cruzeiro! Espirro. Muito amor. Sensualizando. Risadas. Festa. Ex-laugiana na plateia. Duelo de percussão vocal. Sangue nos zoio. Risadas. Velas artificiais. Sensualizando com as cadeiras. Meu filho. Remember 1986. Minha voz engasgou. Aplausos. Mais um! Voltou!!! Bis. Sofá. Alex Kidd. Tosse. Fim. Aniversário do Jairo. Cumprimentos na recepção. Saída rápida, porque teve um casamento em Vicente Pires. Vodka ou água de coco?
Domingo. O cara do Glee morreu. Almoço. Ensaio de outro musical. 34 graus sendo que ontem estava 9. Secura. Chegada ao teatro. Tira o sapato. Cadê a jaqueta? Cadê o Filipe? Leseira. Reunião para acertar o que não acertou ontem. Dor de cabeça. Neusa. Do-in. Toalha molhada. Ida ao banheiro. Tenho que estar boa logo. Desespero. Recuperação. Maquiagem. Concentração. Eu sou o que sou e todas desfrutam disso. Dar o máximo. Frio na barriga. Entrada do vídeo. Tá vendo aquela lua? Entrada do hino. Palmas. Água entre cada música. Ovação. Torcida organizada Baccile. Risadas com a percussão. Sangue nozoio. Plateia ensandecida. Gelo seco na cara. Sensualizando. O poder dos quadris. Lorem ipsum. Aplausos. Mais um! Rápido! Bis. Risadas e mais risadas. Fim. Cumprimentar o povo do palco mesmo. Tirar fotos. Receber os parabéns de gente da Escócia e de Portugal. Vamos sair por aqui mesmo. Não, vamos na creperia tal. E assim no dia da queda da bastilha, 12 anos depois do "memorável" show do Beto Júnior, eu consegui me entregar no palco de uma maneira muito bacana, com liberdade, e fraternidade. E o show tem que continuar, sempre!

quinta-feira, 6 de junho de 2013

TEM BAGULHO BOM AÍ!

No sábado, então, às duas horas, todo o povo sem demora foi lá só pra assistir. Quer dizer, quase, porque o cinema estava cheio, mas não lotaaaaaaado, quando eu fui assistir ao tão esperado filme Faroeste Caboclo. E o legal é que eles fizeram o filme com jeitão de faroeste... caboclo. (há, óbvio)
Eu adoro esta música desde que eu era pequena e o Faroeste começou a tocar nas rádios, em um tempo que a censura ainda pegava tão forte que algumas partes eram editadas: "E não protejo general de 10 estrelas que fica atrás da mesa (eu não faço não)", "Olha pra cá, (olha pra cá), sem vergonha", e obviamente, levou anos pra ser revelado que João de Santo Cristo "comia todas menininhas da cidade".
Quando me mudei para Brasília, meu sonho era fazer uma foto montagem com minhas fotos baseada na música (tentei fazer isto sem sucesso no Orkut). E até meu pai usa a música para avisar as pessoas em suas redes sociais que está indo me ver. Dizia ele: "Estou indo pra Brasília, nesse país lugar melhor não há. Tô precisando visitar a minha filha..."
Eu sou uma pessoa tolerante pra (quase) tudo, mas quando se trata de Legião Urbana e Renato Russo, sou meio fã-bomba, de achar qualquer alteração heresia. Mas mesmo com a cena do duelo sem o sorveteiro, nem as câmeras, nem "gente da TV que filmava tudo ali", nem Jeremias atirando pelas costas, eu gostei bastante do filme, ficou bem dinâmico, e numa ordem cinematográfica interessante. Mesmo com o João de Santo Cristo sendo retratado como analfabeto, porque "na escola, até o professor com ele aprendeu". Eu, por exemplo, não imaginava que Maria Lúcia fosse filha de senador, e tivesse estudado com Jeremias, maconheiro e sem-vergonha (no filme, mais pózeiro que maconheiro). Demorei décadas para entender que Pablo na verdade era primo do João de Santo Cristo (o "neto bastardo do seu bisavô"), e não da Maria Lúcia que eu achava que era ("A arma que seu primo Pablo lhe deu"). Quando eu vi o trailer, achava que o Antonio Calloni faria o "senhor de alta classe com dinheiro na mão", mas era mais um polícia.
No final, alguns gaiatos saíram com pressa, mas uma boa parte que ficou viu os créditos que duraram exatamente a música Faroeste Caboclo inteira e quem sabia a música inteira (eu) cantou.
Outra coisa legal foi ter visto o nome de vários conhecidos meus na figuração, e ter reconhecido a atriz Nádia Branisso, que trabalhou comigo no RENT, que estava atrás de João de Santo Cristo saindo da rodoviária, vendo as luzes de Natal.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

YOU'RE A SUPERSTAR, YES, THAT'S WHAT YOU ARE


O ano de 2013 começou com pressa, aquela pressa de ser tudo o que eu queria e ter mais tempo pra me exercer, porque eu já tenho quase 30 mas eu gosto de Bon Jovi... Comecei a escrever em um projeto new age para quem não gosta de new age. Convidei algumas pessoas pra gravar, mas ninguém quis gravar comigo. Enquanto isto, o Laugi começava uma nova fase e eu estava inserida nela. Muitos direcionamentos depois, acabamos por consolidar tudo isto em um show. Muita coisa aconteceu, muita coisa quase aconteceu, muita coisa simplesmente não aconteceu, mas o show estava lá. E na semana final de ensaios, também teríamos um evento pra cantar, os 45 anos da UniCEUB. Foi mais ou menos assim: segunda, ensaio geral, e um bolinho porque eu estava fazendo 30 anos. Terça, alguns estavam gripando, então foi em casa somente. Na quarta, dia do trabalho, trabalhamos para acertar mais ajustes do show e do evento. Na quinta, o evento. Chegamos lá e preenchemos um crachá com nome, curso e hobby. Boiei, porque música não é mais hobby, e sim, profissão, e hobby, bem, é aquele ex-menudo que canta Michael Row se esborrachou. Eu senti um frio na barriga tão grande no começo, e olha que não tinha nem 1000 pessoas. Mas emocionamos quem estava presente de manhã. À tarde, fomos pra galera, e era muito legal você encarar o público, ver a reação das pessoas, provocar, ninguém poderia ficar alheio. E à noite, a tenda estava formada com 5 mil pessoas querendo assistir as palavras do número 2 da Apple Steve Wozniak (Que é tão "bazinga" quanto a caninha 51) e a gente entrou arrasando, com uma introdução do locutor famoso em Brasília Toninho Pop, chamando a gente de "a banda que está fazendo o maior sucesso..." (Me senti entrando no palco do Domingão do Faustão!). E um dos meus filhos do projeto new age estava lá, devidamente adaptado para o contexto da cena, e fazendo a galera de comunicação social pirar. Para variar só um pouquinho, eu tropecei na Cinthya enquanto estava no palco.
Mas quem descreveu com exatidão nossa sensação de estar lá foi a laugiana Carina Calheiros em sua página no Facebook. Ela disse assim: "Eu já deveria ter ido dormir há algum tempo... A maquiagem escorrendo no canto dos olhos, as pernas cansadas, as pálpebras cerradas! Mas estou a processar algo em mim, algo bastante mágico, sincero e pleno! Hoje subi algumas vezes ao palco pra cantar. Hoje eu também desci do palco pra cantar. E o que mais soa estranho agora é tentar entender os momentos em que tive dúvida se era isso que eu queria pra minha vida. Sabe o que é você estar nu diante de aproximadamente 5 mil pessoas? Eu falo da nudez da alma, aquela que é tão rara nas relações humanas! E quando eu olhei nos olhos do público, eu estava toda ali, inteira, vulnerável e feliz.

Não é fácil lidar com as pequenas frustrações de uma nota desafinada, de um tom menos apurado, porque quero a excelência, junto aos que estão comigo, porque quero dar o meu melhor, porque quero que você receba a energia transformadora do canto de forma cuidadosa. Mas imagino que deva ser ainda mais difícil lidar com a frustração de uma vida inteira a dar satisfação sobre você não ter seguido seu coração nas tuas escolhas!

É preciso coragem pra subir num palco e se entregar... Mas é preciso muito mais coragem pra uma vida cheia de desculpas! Eu não tenho conselho pra dar, mas tenho um testemunho a fazer: Cantar é meu grande prazer, minha subversão, minha ocitocina!" (CALHEIROS, Carina)
Na sexta-feira chegamos ao teatro do SESC para passar a luz e o som e as posições. Não podia muita coisa a ser feita, já que os instrumentos para o pessoal que iria cantar no Clube da Bossa sábado de manhã já estavam previamente montados. Mas mesmo assim fizemos o que conseguimos. O show de sábado já estava quase lotado, e um cara que tinha assistido ao fórum do UniCEUB na quinta tinha trazido a esposa junto para acompanhar. Ela é manicure e tem um site inclusive, o que me fez dobrar a responsabilidade da nail art que eu iria fazer nas unhas (Ah, de longe funcionou, vai!)
No sábado, eu fui de manhã ao workshop do Marconi Araújo. Dentre outras façanhas do mundo da música e do teatro musical, ele fez a Xuxa cantar. O clima estava tão seco e ardido e aquele teatro escuro, eu anotando o que o homem falava, e comecei a ficar com uma dor de cabeça brava. Saí para almoçar naquele sol ardido e forte, e comprei ibuprofeno. Tomei, fiquei mais um pouco no escuro do teatro, fui fazer o ensaio geral. A secura absoluta do ar me impedia até de pensar. Terminou o ensaio geral, tomei mais um ibuprofeno, e se existisse anti-doping pra entrar no palco, eu seria altamente barrada. Agora entendo uma Amy Winehouse. Maquiamos, arrumamos o figurino, passamos som e luz, e o povo começou a entrar. A casa ficou cheia. Entramos no palco, eu ainda meio dopada de ibuprofeno, mas feliz de estar lá em cima de novo. Foram várias trocas de figurino, idas e vindas no palco, e uma das meninas que assistiu a gente até perguntou como fizeram para me encolher. Fácil.
No domingo, chegamos mais cedo para gravarmos um vídeo. Vários takes depois, nos arrumamos para o show, nos aquecemos, passamos algumas coisas que não tinham ficado boas no dia anterior. Neste dia, uma responsabilidade maior, pois muitos ex-laugianos estariam na plateia. Domingo também lotou, e eu nunca vi uma plateia tão ensandecida desde os tempos do thundercats. Todo mundo cheio de energia, tanto do lado da plateia, quanto do lado do palco. A troca foi intensa. Tanto que quando terminou o Sessão Desenho, eu estava em estado de êxtase, que durou horas e horas.
Só a arte para poder ampliar o que é belo e barrar os sentimentos negativos das pessoas. A arte nos torna melhores, mais humanos, mais sensíveis e mais receptíveis ao belo.
Este show foi simplesmente antológico. Moral da história: "Que coisa louca, eu já sabia, enquanto eu me arrumava, algo me dizia: você vai encontrar alguém que vai mudar a sua vida inteira da noite pro dia."

quarta-feira, 1 de maio de 2013

A DONA DE CASA DESESPERADA - ABRIL/2013

Nas comemorações do meu aniversário de 30 anos, a organização da minha casa segundo a FlyRo de Ribeirão:

01 de abril Hoje é Dia da Mentira. Hoje é um bom dia para ficar atento e alerta ao risco de ser enganado! Fui trolada pelo despertador do meu pai, pelo taxista, pelo meu namorado, mas trolei minha mãe e meus colegas concurseiros de trabalho. Tarefa trolada.

02 de abril Comece a limpeza de Outono (se tiver esse hábito), se ainda não fez. Um bom método para a praticar a limpeza fazer um quarto por vez. As principais tarefas de limpezas envolvem praticar o DECLUTTER, limpar o pó, limpar e lavar, em seguida, organizar. Comecei vendo minhas roupas, mas estou com um plano de usar tudo que eu tenho, até os cachecóis e tais. Tarefa iniciada.

03 de abril Limpe as janelas, assim você poderá observar as diferentes nuances de cores da estação. Pena que nesta época do ano chove os primeiros dias, e a janela se autolava. Tarefa cumprida

04 de abril Varra seu pátio e / ou caminho de entrada da porta da f rente. Limpe todas as folhas e sujeira. Depois de varrer, dê uma boa lavada com água, se possível. Termine enfeitando essa área com um belo vaso de plantas. Pois é, não tenho pátio, fui varrer a sacada. O problema é que quando chove, alaga, e tenho que usar um esfregão para drenar a água. Tarefa alagados trenchtown.

05 de abril Organize sua coleção de vídeos. Doe qualquer vídeos que você já não quer manter. Procure um lugar para os vídeos restantes, organize em uma prateleira ou em cestas. Escolha dois filmes para a noite de hoje para curtir com pipoca. Aproveitei para ver quantos DVDs virgens eu tinha, pois estava devendo minhas "Como uma deusa" pro povo. Mas para assistir, aproveitei e escolhi dois pra assistir online mesmo. Tarefa cumprida.

06 de abril Vá com família, visitar um viveiro local ou uma floricultura. Descubra a diferença entre uma flor anual e uma flor perene. Quantas flores anuais e perenes diferentes você pode encontrar? Descobri viveiros em Brasília, como o Pau-Brasília. Como estou em fase de oficinas, não pude ir pessoalmente, mas aprendi algo interessante sobre uma planta chamada moringa, que é rica em vitamina A. Tarefa planejada.

07 de abril Dê um passeio em seu parque local. Observe toda a beleza da Natureza! Tarefa urbana.

08 de abril Seu computador pode passar por uma faxina boa também. Especialistas recomendam realizar as seguintes tarefas, uma vez por semana para manter seu computador funcionando perfeitamente: Limpeza de disco, desfragmentação, e verificação do disco. Para informações sobre como executar essas funções, verificar a Internet para o seu tipo de computador. Comecei a dar uma faxina também nos HDs externos, que estavam começando a dar palas. Tarefa planejada.

09 de abril Organize sua despensa de alimentos. Alimentos similares devem ser colocados próximos uns aos outros, na prateleira ou mesmo dentro de um cesto. Outros recipientes que mantêm alimentos limpos e organizado incluem vasilhas de vidro, cestas e pequenas prateleiras (ganha espaço de arame - diversos tamanhos). Verifique sua despensa e confira a data de validade. Fiz um esquema para ver o prazo de validade que utiliza o Google Tasks. Às vezes a umidade da cozinha apaga a data, e para evitar que isto aconteça e eu perca o prazo, eu anoto antes no Google Tasks a data de validade, e quando termino de usar, anoto como tarefa cumprida. Tarefa não é feitiçaria, é tecnologia.

10 de abril Limpe a área debaixo da pia do banheiro ou pias. Primeiro tire tudo. Em seguida limpe e lave a superfície. Quando a superfície do gabinete estiver seca, repor apenas o itens que você precisa. Foi fantástico! A gente encontra cada coisa escondida nestes gabinetes... Tarefa cumprida.

11 de abril para evitar a tentação de pedir comida ou ir a um FAST FOOD, escreva algumas refeições simples, fácil de preparar, receitas saudáveis ​​e coloque na sua cozinha, como na porta da geladeira ou no armário. Tente manter os ingredientes na mão para estas refeições. Isso ajudará você e sua família a não comer fora quando lembrar de como é fácil, rápido e nutritivo, alimentar-se em casa. A melhor coisa que eu fiz foi comer algo muito leve na hora da janta e comer por quilo no almoço. Graças ao meu esforço eu pude pela primeira vez na vida caber em uma calça 38! Tarefa cumprida.

12 de abril Visite um abrigo de animais local. Passe o tempo brincando com um animal de estimação desabrigado. A maioria dos abrigos de animais aceitam doação de tempo e de alimentos. Já tenho o costume de brincar com o cachorro dos outros, porque não tenho tempo/espaço/dinheiro para cuidar de um cachorro próprio. Para a visita ao abrigo, tive que programar. Tarefa programada.

13 de abril Visite a seção de sua biblioteca local para ler o jornal hoje. Eu fui durante a semana mesmo, é bom para ver edições antigas de revistas super interessantes. Tarefa lida.

14 de abril Em muitas regiões, pode-se plantar agora algumas sementes para formar sua horta. Estas sementes podem ser agrião, almeirão, beterraba, nabo, salsa, alho e rúcula. Semear na sementeira: chicória, salsão, couve-flor, brócolis e repolho de inverno, e espinafre. Se você não tem um jardim, mas tem um janela ensolarada, você pode começar um jardim de ervas pequeno. Eu não consegui nem manter um pé de trevinho que plantei no mês passado, quanto mais uma horta. Tarefa murcha.

15 de abril Limpe os rodapés, hoje, com um pano e um spray. Será que eles precisam de um toque de pintura ou retirar manchas? Mais retirar manchas do que qualquer outra coisa, pois se eu pintasse, faria jus ao estereótipo de pintora de rodapé.  Tarefa Adelaide, ou!

16 de abril Limpe e brilhar a ferragem (espelhos de lâmpadas), luminárias e também sua porta da frente. O botão de campainha pode precisar de limpeza também! Eu já tenho o costume de limpar espelhos e interruptores, e a tarefa é bem facinha de fazer. Tarefa cumprida.

17 de abril Programe seu TIMER hoje por 15 minutos e, em seguida, usar este tempo para arrumar seus espaços principais. Isto inclui, jogar fora o que é lixo, devolver as coisas para seus devidos lugares e limpar as superfícies do pó e sujeira. Se possível, inclua
outros membros da família. Não tem como incluir outros membros da família, então tive que fazer na raça. Claro que muita coisa ficou para arrumar porque tive que garantir que minha balança que eu comprei não estava com defeitos, e porque quando finalmente decidi gravar umas guitarras em uma música, o HD que ela estava contida pifa. Tarefa meia-boca.

18 de abril Esfregue sua pia da cozinha hoje. Certifique-se de usar um tipo de produto que vai higienizar e remover manchas. Pegue o seu escorredor e esfregue-o também, ou coloque-o no máquina de lavar louça. Use uma escova para esfregar o ralinho e a beirada da pia. Simples assim: aproveitei que o vinagre iria vencer e taquei na pia para limpar. Ficou um brinco! Tarefa cumprida.

19 de abril O ar mais fresco nos dá oportunidade de apreciar a noite por mais tempo, que tal uma volta em seu bairro após o jantar? Tarefa Não posso, tenho ensaio.

20 de abril Esse é um bom dia para limpeza de carpetes e tapetes, após um longo tempo de chuvas. Alugue uma máquina de lavar ou contrate um profissional. Eu quase não uso tapetes, só o capacho que não é lavável. Tarefa programada

21 de abril Planeje leituras atrasadas de suas assinaturas de revista e jornais, caso não tenha feito ainda. Faça um inventário de suas assinaturas assinaturas de ambos pelo correio ou por computador. Há algum que pode eliminar? Talvez você pode compartilhar assinaturas com outros para reduzir o custo e acúmulo de revistas e jornais, que futuramente viram desordem. Eu já não assino jornais e revistas para evitar o acúmulo de papel, e por incrível que pareça, cumpri na tarefa do dia 13. Tarefa acumulada.

22 de abril Hoje é Dia da Terra. Todos nós precisamos fazer a nossa partes para reduzir, reciclar e reutilizar o máximo possível todos de itens de nossa casa. Algumas sugestões para reutilização de caixas de ovos incluem: plantar sementes, utilizando-os para a classificação de artigos pequenos. Caixas de ovos, também pode ser usado para colocar diferentes cores de tintas para artesanato. Alguns outros itens domésticos que comumente jogamos fora podem ser utilizados para outros fins. Antes, eu desdenhava das caixas que vinham em casa. Hoje, antes de jogar fora, eu vejo no que ela pode ser útil. Uma delas, serve para guardar um par de botas que não cabe na sapateira. Tarefa pensada.

23 de abril Manter o controle de todos os nossos compromissos e eventos pode ser difícil, especialmente com família com muitas pessoas. O melhor método é usar um grande calendário anual onde todas as atividades são escritas. Uma cor diferente de caneta pode
ser usada para cada membro da família. Eu já faço na minha agenda do Google só uma cor para cada assunto. Minha agenda parece até uma tabela periódica de tanta cor que tem. Tarefa colorida.

24 de abril Varra o chão da garagem. Um bom método consiste em iniciar varrendo em torno das bordas, puxando itens para longe da parede, se precisar, varra para trás. Varra para o centro da sala, fazendo algumas pilhas grandes para ser recolhido com uma pá e
colocado em uma caixa ou saco de lixo quando terminado. E quem não tem garagem varre o quê? Tarefa não varrida.

25 de abril Aspire seu sofá (s). Lembre-se de remover almofadas (se elas puderem ser removidas). Além disso, se possível, aspire por baixo. Sofás estofados pode ser ainda refrescados com um aromatizador de ambiente. Eu comecei a fazer a tarefa de aspirar o sofá sem a escovinha, só com aquele cabo oco (gente, eu não sei o nome das peças do aspirador!). É mais rápido aspirar o sofá do que pegar todas as peças do aspirador de pó. Tarefa cumprida.

26 de abril Organize as Gavetas de Talheres de sua cozinha. Aliás, eu tenho os costumes de colocar os talheres de qualquer forma, mas agora nesta fase final de ensaios, não tenho tempo nem pra mim. Tarefa programada.

27 de abril Examine sua lista de tarefa doméstica e determine se ela precisa ser atualizada. Em sua casa, há familiares dispostos a assumir mais responsabilidade do que os outros? Há membros da família que escolhem tarefas que gosta de fazer melhor do que outros, e concluem as tarefas? Certifique-se de incluir tarefas de acordo com a faixa etária das crianças, como animal de estimação alimentação, guardar brinquedos, etc. Eu não tenho escolha. Ou eu faço, ou eu faço. Tarefa forever alone.

28 de abril Lave os edredons hoje. Pode ser o momento para mudar para um cobertor cama mais adequado para as mudanças de temperatura que ocorrem de madrugada (eu ainda fico com o Edredon). Depois de lavar cobertores mais pesados ​​de inverno, armazene-os em sacos com zíper para o verão. Na minha região, é justamente agora que eu uso o edredom para dormir. Então, eu só vou botar ele pra lavar quando começar a esquentar de novo. Tarefa casa de pobre.

29 de abril Limpar a poeira dos pontos alto de sua casa: geladeira, freezer, armários e esquadrias. Pois é, nem no meu níver escapo... Tarefa programada.

30 de abril Limpe cuidadosamente o interior de seu refrigerador. Primeiro retire todo o conteúdo, incluindo prateleiras e gavetas. Limpe as paredes internas, inferior e superior, lave as prateleiras e gavetas com água morna e sabão. Descarte os itens que estão
desatualizados ou indesejado. Substitua prateleiras e gavetas e 
reabasteça sua geladeira limpa! Finalmente vou trocar o refrigerador, e preciso deixá-lo limpinho e bonitinho, porque vou doar o antigo. Tarefa programada.

MOP HITS
Fazia tempo que não colocava, né não? Pois é, depois do comentário do Kenji no estilo "Será que só eu acho igual?" comparando a música No one knows do Queens of the Stone Age com a abertura do Duck Tales, claro que passei o esfregão ouvindo... Duck tales!
eXTReMe Tracker